Roundup: lançamentos de junho (2020)

Juntando num post só todas aquelas músicas que saíram durante o último mês e que não deu tempo (ou eu não quis) comentar.


Ha Sungwoon – Get Ready

Essa é uma das poucas músicas lançadas em junho que realmente me fizeram sentir o gostinho do verão na boca. A batida upbeat é uma delícia e o clipe um amorzinho. O baixo, saxofone e percussão deixaram o instrumental super interessante. Gosto bastante da voz do Sungwoon, durante o Wanna One ela era a minha favorita, e nessa faixa ele apresentou umas harmonizações bem legais. A única coisa muito ruim desse comeback é o cabelo laranja horroso. Nota: 8/10

LUNCH – I Don’t Need You

Não faço a menor ideia de como cheguei nessa música, mas gostei. A voz dela é bonitinha e a canção tem uma vibe agradável. Música de cafeteria em sua melhor forma. Nota: 8/10

Super Junior-K.R.Y. – When We Were Us

É mesmo difícil eu gostar de baladas, essa não soa muito diferente daquelas feitas sob medida para agradar os coreanos e tocar em cafeterias. O máximo que posso dizer é que os vocais estão bons, só isso. Nota: 7/10

Chungha – Be Yourself

Esse é apenas o CF para a Sprite, confira a versão completa da música aqui.

Fico assustado quando músicas feitas para comercias são tão boas, talvez eu deva parar de ignorar elas só porque são… comerciais e também porque não gosto de Sprite. Enfim, Be Yourself é energética, dançante, veraneia e me fez lembrar dos primeiros trabalhos da Chungha. Não tem nada de muito novo por aqui, mas tudo é aproveitável. Dá para escutar no repeat de vez em quando sem problema algum! Nota: 8.5/10

Momoland – Starry Night

Eu até tinha escutado a música quando ela saiu, mas como o grupo não ia promover, resolvi deixar de lado também. Pois bem, finalmente superaram a “sonoridade Bboom Bboom”, mas acho que outro repeteco se sairia melhor no lugar desse som tão… básico. Sem falar do refrão irritante e estridente. O instrumental é legalzinho, mas não ajuda a resolver o problema. Fiquei triste com o resultado. Nota: 6/10

JeA featuring Moon Byul – Greedyy

Se eu não tivesse lido o post do Dougie na época do lançamento, nunca iria entender porque achei a faixa tão familiar. Como o blogueiro disse, essa aqui tem a cara de uma música da IU porque a mesma participou da composição. E o que achei de Greedyy? Leve e fofa. O instrumental é um charme e se eu pudesse mudar algo, só colocaria um refrão mais atrevido, já que no contexto geral o existente parece muito tímido. Nota: 7.25/10

Heize – Lyricist/Things are going well

Poxa, Heize! Fazendo música de elevador de novo! Nota: 6/10

JUN.K – This is not a song, 1929

Acho que ele está certo… essa não é uma música. Nota: 6.25/10

AWEEK – One Four Three (1.4.3)

Ai… nugus ❤.❤ Como um bom defensor deles, não tenho medo de dizer que essa é uma das faixas mais agradáveis que ouvi durante o primeiro semestre do ano e uma das poucas que reconheceram a existência do verão coreano. Sou apaixonado por esse estilo de produção que puxa uma guitarrinha aqui, joga uns synths ali e amarra tudo num estilo pop-rock. Provavelmente voltarei a escutar essa música mais vezes do que imagino. Nota: 8/10

D1CE – Draw You

Diferente dos nugus anteriores, esses meninos aqui não fizeram muito esforço para serem memoráveis. A melodia é interessante, mas esse monte de rap jogado por toda parte conseguiu atrapalhar o desenvolvimento várias vezes. Até parece que a empresa deu qualquer coisa básicona para eles não ficarem sem fazer comeback. Nota: 6.75/10

Weki Meki – Oopsy

Desculpa, Weki Meki, eu até daria um post exclusivo para vocês se não tivesse achado o comeback nada mais do que uma remixagem das duas ultimas title tracks lançadas. Nota: 7.5/10

IU – Into The I-Land

Música legal, IU, Nota: 8.25/10, mas o importante mesmo é TORCER PARA A LENDA JAPONESA E MELHOR PARTICIPANTE DESSE PROGRAMA: TAKI!

A.C.E – Stand By You

Algumas músicas eu deixo para escutar no momento em que escrevo esse estilo de post, e antes de dar play, já estava jurando que seria uma balada que iria me fazer dormir oito horas ininterruptas durante a noite. Eu estava enganado. Finalmente alguém conseguiu entregar uma balada que eu gosto! Amei esses elementos do rock que vão sendo inseridos no instrumental na medida que a faixa progride. O refrão serve o impacto que o torna memorável e saboroso, e os vocais estão lindíssimos! Fiquei surpreso com esse pre-release e muito satisfeito também. Nota: 8.25/10

AB6IX – The Answer

Outra música feita para o TikTok, porém um pouquinho melhor e mais funcional que Left & Right, do Seventeen. Mesmo assim, não me convenceu muito, o refrão não é tão impactante e o rap desse grupo nunca preencheu os meus requisitos. É uma canção acima da média que dá pro gasto, mas não me vejo escutando isso novamente. Nota: 7.75/10

3YE – YESSIR

Essa música é melhor que 50% do que os boygroups que passaram a ter a mesma pegada lançaram até o momento. Gostei das baterias no instrumental e o pré-refrão é de tirar o folego, mas infelizmente o coro não consegue atingir o ponto necessário para ajudar essas meninas a subirem de nível. Enfim, o figurino está lindo e espero que elas consigam aumentar o seu público, porque eu não tô interessado em ficar ouvindo muitos repetecos. Queen continua sendo a melhor desse trio. Nota: 7.75/10

NADA – My Body

No começo estava bem genérico, mas engolível, num ritmo bacana. Aí chegou o refrão e um troço estranho começou a tocar e a NADA fez literalmente nada nessa parte além de sexualizar na esteira. Triste. Poderia ter sido melhor. Nota: 6/10


Isso é tudo! Ficou faltando algo? Qual foi o seu lançamento favorito de junho? Comenta aí.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s